495450580893305 Avançam as investigações sobre mulher encontrada esquartejada em Campina; militar do Exército foi pr

Avançam as investigações sobre mulher encontrada esquartejada em Campina; militar do Exército foi pr



Prestes a completar um mês em que o corpo de Alessandra Silva, 33 anos, foi encontrado esquartejado em Campina Grande do Sul, as investigações para apurar a motivação do crime avançaram nas últimas semanas. De acordo com o divulgado pelo programa Cidade Alerta, da RICTV, a Polícia Civil prendeu nesta semana um subtenente do Exército no bairro Boqueirão, em Curitiba. O militar pode ter envolvimento no caso. CLIQUE AQUI para ver a matéria.

As investigações do crime tiveram início na Delegacia de Campina Grande do Sul, que acabou transferindo o caso para a Polícia Civil de Araucária, hoje comandada pelo delegado João Marcelo Renck Chagas, que já teve passagem pela DP de Campina Grande do Sul.

A mudança de delegacia se deu pelo fato da vítima ter desaparecido na cidade de Araucária. Com requintes de crueldade, a mulher teve a cabeça e os braços arrancados. O corpo foi encontrado no último dia 23 de fevereiro por populares num matagal nos limites de Campina Grande do Sul e Colombo.

A prisão do subtenente é temporária e tem validade de 30 dias. O caso está sob segredo de Justiça, tanto que a Polícia Civil evita repassar mais detalhes para não atrapalhar a investigação.

(Foto: Adilson Santos)


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6