495450580893305

Centro de Distribuição da Bosh inicia suas operações em Campina e gera cerca de 200 empregos diretos


A divisão de ferramentas elétricas da Bosch acaba de iniciar as operações no Mega Centro Logístico em Campina Grande do Sul. A decisão de transferir as atividades para um novo Centro de Distribuição (CD) é parte da estratégia da fabricante alemã de ampliar a eficiência logística e reduzir o tempo de entrega dos produtos.


O novo CD da Bosch, transferido de Louveira (SP), ocupa 25 mil metros quadrados e foi uma das cinco maiores entregas feitas no país pela Capital Realty no quarto trimestre de 2016. Com ele, o Paraná ficou em segundo lugar em locação de condomínio logístico modular, atrás apenas do mercado paulista, segundo dados da consultoria Engebanc, que mede o mercado classe A. “Posicionado de forma estratégica, o Mega oferece o que há de mais elevado em padrão construtivo e uma performance operacional que se sobrepõe à maioria dos empreendimentos, com um custo por posição pallet bastante competitivo”, destaca Abiner Oliveira, diretor de serviços industriais e logísticos da Engebanc.

Além da Bosch, o Mega Centro Logístico de Campina Grande do Sul também abriga operações de armazenagem de pneus da TWW Bridgestone e medicamentos da AGV/Novo Nordisk. Às margens da BR 116, O (CD) tem uma posição privilegiada para fluxo de produtos tanto entre Região Sudeste, Curitiba e Região Metropolitana, quanto para o Sul do país e interior do estado do Paraná.


"A Bosch já emprega dezenas de campinenses e movimenta a economia. Daremos todo o nosso apoio institucional para que a empresa prospere e estaremos firmando as parcerias necessárias para ampliar a geração de empregos no município. Para nós é um orgulho e uma honra termos a Bosch no município.", disse o prefeito de Campina Grande do Sul Bihl Zanetti (PSDB).

Segundo o gerente de logística da Divisão de Ferramentas Elétricas da Bosch, Vicente Fiorese, o custo-benefício foi um fator decisivo ao optar pelo imóvel da Capital Realty. “O Mega Centro Logístico Curitiba foi a opção que entregou as melhores especificações técnicas. O trabalho, junto com o time de engenharia, permitiu uma personalização da construção, sem alterar as principais características dos galpões padrão Mega”, declara.

A expectativa da divisão de Ferramentas Elétricas da Bosch é de que ocorra um aumento do volume dos negócios em função da melhoria contínua dos processos e do melhor nível de serviço oferecido aos clientes. O CD já é considerado o maior da divisão e deve atender até 16 mil clientes. O local emprega cerca de 200 pessoas, conta com 20 mil posições pallets e será responsável pelo armazenamento e distribuição das linhas de ferramentas elétricas, acessórios e peças de reposição das marcas Bosch, Skil e Dremel.

Para atender a nova operação da Bosch, o Mega Centro Logístico passou por sua primeira expansão. De acordo com Rodrigo Demeterco, presidente da Capital Realty, o investimento no armazém foi de aproximadamente R$ 20 milhões. “O condomínio, que contava com 25 mil m², totaliza agora 45 mil m² de área construída, além de uma grande área de lazer, que inclui campo de futebol e quiosque com churrasqueira”, explica. A área tem restaurante, posto de combustível, lojas de conveniência e local para descanso de motoristas com vestiário. “Nós valorizamos tanto o bem-estar dos colaboradores, que têm acesso a serviços e lazer, quanto o lado corporativo, já que as empresas podem ter escritórios equipados em ambientes agradáveis”, declara.

(Fotos: Divulgação)

.


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2