495450580893305 Comércios fecham as portas no centro de Quatro Barras

Comércios fecham as portas no centro de Quatro Barras


Desde o início de janeiro do corrente ano, a cidade de Quatro Barras vem somando encerramentos de atividades e fechamentos de lojas no comércio da região central do município. Não se trata de coincidência e sim da baixa procura por parte dos consumidores quatrobarrenses, como destacam os comerciantes.


SHOPPING DOM PEDRO

O mais emblemático caso é do Shopping Dom Pedro, inaugurado em novembro de 2017 juntamente com as festividades de aniversário da cidade, que suportou pouco mais de um ano em funcionamento. Desde a inauguração, o espaço que contava somente com dois andares de lojas e serviços, agora dispõe de poucas opções aos frequentadores.


O destaque do empreendimento que seria o cinema também fechou, provocando assim a saída dos comerciantes da praça de alimentação que atendiam no 4° andar, sobrando apenas algumas resistentes lojas no 1° andar e a academia que atende sozinha no 3° andar.



MULTILOJA

Outro caso foi o surpreendente fechamento da Multiloja, tradicional no ramo de vendas de móveis e eletrodomésticos que atendia ha vários anos na Avenida Dom Pedro II, bem em frente ao prédio da prefeitura, que encerrou as atividades devido a falta de incentivo e fomento do comércio local, além da pouca procura por parte dos clientes, como afirmou um funcionário do estabelecimento, que preferiu não ter o nome divulgado. "Talvez Quatro Barras tenha perdido atrativo e desmotivado o consumidor local, pois nossa loja do Jardim Paulista recebe bastante cliente/morador de Quatro Barras, notamos isso pelas fichas de crediário e endereços para a entrega das mercadorias, com certeza isso é reflexo de uma série de fatores negativos", disse.


Ainda segundo o funcionário, os outros colaboradores foram remanejados para outras unidades das cidades vizinhas. "A multiloja está fechando somente duas lojas no Brasil e a única no Paraná é essa de Quatro Barras e esses trabalhadores vão ser encaminhados para outros municípios que tenham alguma filial nossa", concluiu.



THIAGO ESTOFADOS

Outro comércio que abriu e ficou pouco tempo no centro da cidade foi a loja Thiago Estofados, que se sustentou apenas alguns meses, restando apenas a fachada em frente à loja que ficava na Rua Nilo Favaro.


A conceituada loja que leva o nome do empresário e também vereador na cidade de Colombo, é especializada em sofás e móveis sob-medida que atende em municípios vizinhos. "Fechei devido ao fraco fluxo de clientes e preferem comprar na cidade vizinha, em Campina Grande do Sul, então não teve jeito, infelizmente", contou o empresário em conversa com nossa reportagem.



O QUE DIZ A PREFEITURA DE QUATRO BARRAS

Em nota oficial enviada à reportagem do Linkada News, a Prefeitura de Quatro Barras informou que vem adotando uma série de medidas voltadas ao fortalecimento econômico, à atração de empresas e dinamização do comércio. Uma das ações foi a adesão ao Programa Cidade Empreendedora, que tem a parceria do SEBRAE, e implantação da Sala do Empreendedor, que oferece consultoria e suporte para os empreendedores locais. Segundo o executivo, esta capacitação é voltada tanto para a abertura de novos negócios como para a consolidação de negócios já existentes, com consultoria e apoio em áreas como vendas, compras, emissão de Notas Fiscais, entre outros.


“Esta parceria gerou ainda várias ações, como capacitações dos empreendedores através de incubadoras profissionalizantes e um importante programa de estímulo às vendas de produtos locais para a Prefeitura - uma grande consumidora de produtos e serviços. Comerciantes locais e empreendedores participaram de reuniões e grupos de capacitação para entender o passo a passo necessário para participar das licitações e se tornar um potencial fornecedor do poder público - uma medida para fortalecer os negócios e ampliar a produtividade local. Há vários casos de sucesso neste sentido”, esclareceu o órgão.


Além disso, a Prefeitura ressaltou que, no ano passado, também criou campanhas de incentivo às compras locais, com sorteios em datas comemorativas, a exemplo das Festas Juninas e do Natal e que neste ano, uma das ações já confirmadas são as consultorias técnicas do SEBRAE com horários agendados na Sala do Empreendedor. Em fevereiro duas datas já foram definidas: no dia 11 e 25. “O empreendedor que necessitar de consultoria, para fortalecer ou ampliar seu comércio ou negócio, poderá agendar um horário e obter as orientações de forma gratuita. O serviço será prestado em todos os meses do ano”, concluiu.

O QUE DIZ A ADMINISTRAÇÃO DO SHOPPING DOM PEDRO


A reportagem entrou em contato com a administração do Shopping Dom Pedro, para obter mais detalhes sobre o fechamentos de algumas lojas que ficavam nesse espaço, mas não obteve resposta. Ainda segundo consta, a administradora já havia pedido a desocupação das salas em novembro do ano passado.


1/1

1/4

1/7

1/1

1/6

1/5