495450580893305
 
  • Portal Linkada News

FaceApp: saiba quais são as polêmicas envolvendo o aplicativo

Da Redação com informações Site UOL


Cercado de polêmicas há anos, o aplicativo FaceApp voltar a ser utilizado por famosos e anônimos, se tornando moda entre o público da internet. Desta vez, o aplicativo está oferecendo às pessoas, por meio de uma inteligência artificial, a possibilidade de saber como alguém seria se fosse do sexo oposto, a mudança é feita pelo FaceApp através de alguma selfie concedida pelo internauta.


Mas o que poucas pessoas sabem, é que este app já foi acusado de roubar os dados de quem o utiliza por causa da política de privacidade que oferece, também sendo investigado nos Estados Unidos pelo Departamento Federal de Investigação (FBI). O aplicativo ainda foi considerado racista por branquear fotos de pessoas negras.


Imagem Reprodução Google Play

Sobre a possibilidade de o app roubar os dados do usuário, isso seria feito pela empresa responsável (Wireless Lab) pelo FaceApp, que teria acesso não só as fotos concedidas pela pessoa, como também o modelo de celular que ela utiliza, resolução da tela informações das redes sociais, histórico de compras, entre outros.


Apesar da polêmica, a Wireless Lab afirma que não compartilha as informações dos usuários com terceiros e que usa apenas para que a pessoa possa utilizar o aplicativo. Apesar disso, o FBI se mostrou reticente sobrea veracidade do que a empresa diz fazer com os dados dos usuários.


BRASIL – o Google e a Apple foram multados pela Fundação Procon de São Paulo, em agosto de 2019, por desrespeitarem o Código de Defesa do Consumidor ao fornecer o FaceApp. As duas empresas foram notificadas para que o Procon tivesse acesso sobre como elas protegiam os dados dos usuários.

 
Publicidade Linkada


1/1

1/10

1/4

1/1

1/1