495450580893305 Quatro pessoas ficaram feridas após briga em frente a tabacaria no Jardim Paulista

Quatro pessoas ficaram feridas após briga em frente a tabacaria no Jardim Paulista


Fotos: Colaboração/Grupos de Whatsapp

Uma briga generalizada, em frente a uma tabacaria localizada na Rua Pedro Pasa, no Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul, agitou a noite de domingo (28) e madrugada desta segunda-feira (29).


A situação, que aconteceu por volta da 00h10min e segundo informações obtidas pela reportagem do Linkada News, via grupos em aplicativo de mensagens, o estabelecimento estava com um grande público no momento da confusão e pelo menos duas pessoas foram baleadas em frente ao local.


Os atiradores fugiram em um carro Sandero na cor prata e no caminho foram encontrados por policiais militares, que tentaram abordá-los. O motorista não acatou as ordens arrancando o veículo de ré em cima da viatura, sendo um dos ocupantes do carro atirou contra os policias. Os suspeitos então foram perseguidos pela PM e, um tempo depois, o carro parou e os ocupantes desembarcaram, sendo que dois deles estavam baleados. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado para prestar socorro aos feridos e o local foi isolado.


O 22º Batalhão de Polícia Militar informou à reportagem do Linkada News, que foi feita revista pessoal nos suspeitos e no veículo, no qual foi encontrado um revolver calibre 38. No bolso de um dos passageiros foram localizados três comprimidos de substância análoga a ecstasy. Um deles, juntamente com a arma de fogo apreendida e o carro foram encaminhados à delegacia de Campina Grande Do Sul, para que fossem tomadas as demais providências judiciárias cabíveis.


Ao todo, quatro pessoas ficaram feridas no decorrer da confusão que terminou na Rodovia do Caqui, próximo à entrada para o bairro Santa Rosa. Duas foram encontradas pela polícia indo de moto em direção ao Hospital Angelina Caron e informaram que se envolveram em um tiroteio na tabacaria, uma delas estava baleada. Os suspeitos feridos na briga foram encaminhados para o mesmo hospital, onde permanecem sob escolta policial.


A tabacaria publicou uma nota oficial em sua página no Facebook lamentando a situação. Segundo a nota, a briga começou entre um grupo que já tinha saído do estabelecimento, que não soube informar o motivo da confusão. A nota ainda esclarece que tudo aconteceu fora da tabacaria, que já estava fechada no momento da briga e que sempre preza pelo bem-estar e segurança de todos os clientes. “Sentimos muito pelo acontecimento. Estamos à disposição da justiça para contribuir de alguma maneira com as investigações”, conclui a nota.

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6