495450580893305

Colombo: colégio estadual não será fechado, afirma Secretaria de Educação



Um possível fechamento do Colégio Estadual Colombo, localizado na Rodovia da Uva, no bairro Roça Grande causou repercussão entre pais e responsáveis de alunos, que foram informados nesta semana sobre uma reunião, que acontecerá às 18h30 da próxima quinta-feira (5), a respeito do assunto.


A reunião foi programada após a diretoria ter recebido a informação, no dia 26 de agosto, em um encontro que aconteceu no Núcleo de Educação e terá o objetivo de discutir as matrículas e também a atual situação do colégio. No entanto, na tarde da última terça-feira (3), uma nova decisão foi tomada pela Secretaria Estadual de Educação (SEED/PR), após uma análise feita sobre a medida.


O órgão esclareceu por meio de nota exclusiva ao Linkada News, que não há planos de fechamento de instituições de ensino da rede estadual e que, neste momento, é realizada apenas a coleta e organização de dados para o planejamento do ano letivo de 2020.


A decisão também foi encaminhada à diretoria do colégio, no final da tarde de ontem e, apesar da mudança, a reunião agendada para esta semana com toda a comunidade escolar ainda continua, já que há outros assuntos a serem tratados para o ano letivo de 2020.


O PARECER ANTERIOR - Antes de a SEED divulgar a decisão, o secretário do Colégio Estadual Colombo, Celso Wagner Marques Inácio concedeu uma entrevista ao Linkada News e disse que até o momento o único motivo que tinha sido apresentado pela Secretaria Estadual de Educação é que o fechamento da instituição seria devido ao local onde a mesma está instalada, no caso, um terreno alugado, sendo desta forma feito um ajuste no orçamento da administração pública do Paraná.


Ele também explicou que a instituição não seria fechada de forma brusca, mas gradativamente. As primeiras turmas que deixariam o colégio já no início de 2020 - sendo remanejadas para outros locais - seriam o sexto ano do ensino fundamental e primeiro ano do ensino médio, já que fazem parte do início de um determinado período de escolaridade. A previsão é que a instituição funcione até o final do ano que vem, sendo o período em que as demais turmas serão realocadas para outras escolas.


Marques ainda contou que no próximo ano, tendo em vista o possível fechamento, os professores seriam apenas aqueles via Processo Seletivo Simplificado (PSS) e que estes também já tinham sido informados sobre a atual situação.


Após a alteração na decisão, o calendário escolar da instituição segue normal e demais informações serão repassadas aos pais e responsáveis durante a reunião de quinta-feira (5).

1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2