495450580893305 Prefeitura de Quatro Barras na mira do MPPR

Prefeitura de Quatro Barras na mira do MPPR


Foto: Divulgação/Prefeitura de Quatro Barras

Imagens de documentos do Ministério Público do Paraná direcionados à Prefeitura de Quatro Barras estão circulando nas redes sociais desde o início desta semana. Nos arquivos, o MPPR solicita ao prefeito Angelo Andreatta (Lara) um esclarecimento sobre irregularidades referentes a uma funcionária comissionada do executivo municipal, além de um suposto caso de nepotismo.


No documento, o Ministério Público afirma que recebeu uma denúncia anônima sobre uma servidora da Secretaria Municipal de Saúde de Quatro Barras que também estaria exercendo outra função junto ao Hospital Angelina Caron, sendo que o cargo que ela ocupa na Prefeitura exige dedicação exclusiva. Além disso, a denúncia traz um suposto nepotismo envolvendo a mesma funcionária, já que o namorado dela estaria trabalhando na mesma secretaria.


Diante das denúncias, o MPPR estabeleceu um prazo de 15 dias para que a Prefeitura esclareça esses fatos e encaminhe documentos que contenham informações sobre a contratação da servidora.


Após ter acesso a esses documentos, a reportagem do Linkada News entrou em contato com a Prefeitura de Quatro Barras e, por meio de uma nota oficial, a administração municipal afirmou que está prestando todas as informações ao Ministério Público e que irá cumprir as determinações expedidas pela Promotoria que acompanha o caso. O Hospital Angelina Caron também foi questionado, mas não se manifestou sobre o caso.

1/1

1/1

1/3

1/1

1/6