495450580893305

Prefeitura de Quatro Barras realoca animais que sofriam maus-tratos

Município hoje é fiel depositário de mais de 80 animais que, já em local adequado, receberão tratamento médico veterinário e serão encaminhados para adoção



Em uma ação conjunta entre a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), unidade da Polícia Civil do Paraná, e o Departamento Municipal de Proteção Animal, realizada nesta segunda-feira (01), a Prefeitura de Quatro Barras assumiu oficialmente a guarda dos mais de 80 cães vítimas de maus-tratos, identificados em uma ação policial no início de fevereiro.


Os animais estavam em um abrigo de uma protetora local. No ato de fiscalização, motivado por denúncias à DPMA, os peritos veterinários constataram insalubridade do local, abrigos inadequados, doenças de pele e oftalmológicas nos animais, stress e, em alguns casos, ausência de água e comida.


Na ocasião, a protetora foi presa pelo crime de maus-tratos e atuada com multa de R$ 41.500,00. O delegado da DPMA, Matheus Laiola, que participou da ação de remanejo dos animais ontem (01), disse que após ser presa, a protetora logo foi solta, mas descumpriu uma medida condicionante a sua soltura.


"Uma das medidas era manter distanciamento de uma determinada pessoa. Ela descumpriu e foi decretada a prisão preventiva, sendo encaminhada ao cárcere pela segunda vez", contou.


Laiola disse que todas as instituições cumpriram seu papel, a DPMA através da ação policial e o Município na função de proteção dos animais.


A ação de remanejo dos cães foi realizada por equipes das secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente, com apoio da DPMA e da ONG Quatro Patas, que auxiliou com rações para os animais e transporte.


Todos os cães recolhidos no abrigo e ainda outros que estavam na residência da protetora agora estão sob responsabilidade da Prefeitura, que já disponibilizou um lar para os mais de 80 animais.


"Muitos serão encaminhados para tratamento médico veterinário e depois para campanhas de adoção. Hoje o Município está disponibilizando um local adequado aos cães, vistoriado pela DPMA e por ONGs, todo planejado para o bem estar dos animais, com toda a estrutura para recebê-los", disse a responsável pelo Departamento de Proteção Animal, da Secretaria de Meio Ambiente, Pamela Oliveira. 


Os tratamentos veterinários serão disponibilizados gratuitamente pela ONG Força Animal.


Assim que o calendário das campanhas de adoção estiver concluído, a Prefeitura fará ampla divulgação em seus canais de comunicação.



1/1

1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2