495450580893305 Vereadora apresenta projeto “Campina Digital”

Vereadora apresenta projeto “Campina Digital”


Foto: Divulgação/Facebook

A vereadora Ana Carolina Mascarenhas (PSB) apresentou à Câmara Municipal de Campina Grande do Sul durante a primeira sessão ordinária de 2020, um projeto de lei que visa ampliar o acesso à internet no município.


Intitulado “Campina Grande do Sul Cidade Digital”, o programa tem como objetivos, além da internet gratuita, a modernização da gestão pública; assistência social e inclusão digital; melhoria na qualidade de vida, autoestima dos cidadãos e aumento no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da região; desenvolvimento econômico, tecnológico, cultural e comercial da cidade; e também a unificação de serviços e soluções com a autonomia da internet e informática no município, entre outras coisas.


Como justificativa para a implantação da proposta, a vereadora declarou no documento enviado ao legislativo municipal que a ideia consiste no oferecimento de Internet Banda Larga, através de rede gratuita e sem fio, como forma de proporcionar a população acesso à informação em tempo real. Além disso, ela afirmou que, para que essa inclusão digital aconteça, seria necessária uma parceria público-privado.


Em entrevista ao Linkada News, a autora da proposta afirmou que a ideia surgiu a partir da necessidade crescente das pessoas estarem conectadas. “Hoje, aonde você vai, precisa de uma rede de internet, de preferência gratuita, para acessar”.


Além disso, a vereadora ressaltou que a possibilidade de instalação de câmeras inteligentes e presença da Guarda Civil Municipal também trará à população mais segurança quando for usar a internet gratuita. “A gente quer promover um avanço dessa tecnologia para o município avançar junto, no crescimento e em serviços de qualidade”, concluiu.


Entre as disposições do projeto, caso este seja aprovado, está que o poder público será o responsável por regulamentar a forma de acesso dos usuários ao programa, além de informar aos usuários e frequentadores, por meio de placas informativas fixadas em local de fácil visualização, a disponibilidade de acesso gratuito de internet.

1/1

1/1

1/6

1/1

1/1